Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Manduri, sexta-feira, 22 de outubro de 2021 Telefone (14) 3356-9200

Atendimento Atendimento: De Segunda a Sexta das 8:00 às 17:00 Horas

Sext
22/10
25 °C
9 °C
Índice UV
13.0
Sáb
23/10
30 °C
13 °C
Índice UV
13.0
Domi
24/10
23 °C
16 °C
Índice UV
13.0
Segu
25/10
24 °C
14 °C
Índice UV
13.0

HISTÓRIA DO MUNICÍPIO

Os primeiros funcionários da Prefeitura em 1945 eram os senhores: Hermelindo Prestes, contador-secretário; Nadin Nicolau, tesoureiro – lançador; Ernesto Gilberne, fiscal-geral; e Sebastião Alves Pinheiro, zelador do cemitério. A partir de 1951 e até 1967 a Prefeitura contratou mais 19 funcionários, formando um total de 23 funcionários. Hoje no ano 2003 a Prefeitura tem em seu quadro um total de 210 funcionários.

Dados do I.B.G.E. de 1950 mostram que a população da época era de 4.125 habitantes. A atual população de acordo com o Censo de 2000 é de 8.256 habitantes.

No início a área do município era de 209,4 Km2, anos depois o mesmo ganhou parte de terras pertencentes a Piraju totalizando então 236 Km2.

A zona rural tem os seguintes bairros: Espraiado, Olhos d’água, Estação de São Berto, Águas de São Bartolomeu, Cascavel, Três Barras, Nunes, Palmital, Araras, Fazenda do Estado, Caracol, Novo Destino, Coqueiros e Douradinhos.

Os primeiros moradores do município foram: José Elias Bonifácio, Francisco de Lourenço, Pedro Orcesi, Miguel Avoglio, José Abujanra, Vicente Perri, Manoel Souza Sotero e suas respectivas famílias: Arruda, Costa Guimarães, Barreiros, Souza Palma, Nunes, Messias, Mota, Rabelo de Oliveira.

O primeiro comerciante foi o Sr. Jorge Nicolau Rufca sendo o seu endereço na Avenida Brasil, n.º 675, atualmente é a residência do Sr. Antonio Marvullo.

Era uma casa de madeira e o comercio era uma sapataria.

Também eram comerciantes os senhores Manoel de Souza Sotero e Francisco Lourenço.

As 3 primeiras obras realizadas no município foram: Delegacia de Polícia, Posto de Saúde e Posto de Puericultura.

O primeiro documento foi um Decreto-lei. Recebeu o número 1 e foi em 18 de abril de 1945, orçou a receita e fixou a despesa do município de Manduri, para o exercício de 1945.

Naquela época não consta o número de veículos.

A primeira pousada ficava na Rua Mato Grosso e era de propriedade do Senhor Joaquim Nunes Siqueira.

As primeiras casas foram construídas na antiga Praça da Matriz, um quarteirão acima da Igreja Santo Antonio.

HISTÓRIA DA PREFEITURA

A Prefeitura Municipal de Manduri teve o início de suas atividades no ano de 1945 em um prédio da Rua Paraná, n.º 277, onde hoje funciona o Velório Municipal.

O primeiro prefeito foi nomeado, sendo ele o Sr. Pedro Primo Orcesi, não havendo vice-prefeito. Esse fato aconteceu em 29/04/1945 e a gestão do primeiro prefeito foi de 1945 a 1947.

Em 11/07/1981 a Prefeitura foi transferida para o prédio atual, na Rua Bahia. Esse prédio foi construído mais ou menos em 1924 e funcionava como Escola primária, sendo cedido pelo Estado ao Município por comodato

Antigo prédio da Prefeitura Municipal.
Prédio atual da Prefeitura Municipal.

DADOS GEOGRAFICOS

População estimada 2017: 9.714
População 2010: 8.992
Área da unidade territorial 2016 (km²): 229,046
Densidade demográfica 2010 (hab/km²): 39,26
Código do Município: 3528601
Gentílico: mandurinense

Fonte: IBGE.

Covid-19

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Prefeitura Municipal de Manduri - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.